Entrevista 01/10/2014

Foto: joão lebrão

Giancarlo Mecarelli fala sobre os 10 anos de Paraty em Foco.


Lutas e vitórias deste italiano caiçara.


Giancarlo Mecarelli sempre acreditou no Paraty em Foco, desde a primeira edição ele sentia que havia espaço para a fotografia entre os grandes eventos culturais.

- Senti desde o começo que o Paraty em Foco tinha futuro, a cidade de Paraty parece identificar os eventos que cabem a ela. Tudo aqui tem a ver com fotografia, é uma parceria notável, explica Meca.

Comemorando 10 anos de evento o italiano de 68 anos, nascido em Trevi, pequena cidade na provincia de Perugia, se mostra animado a continuar atuando e construindo um dos principais eventos da cidade, do Brasil e do Mundo:

- Se fossemos enumerar o numero de fotógrafos importantes que já passaram pelo Paraty em Foco, não caberia na matéria. O fato é que hoje contamos com um conceito muito bom entre os visitantes e os habitantes da cidade, recebi elogios de todo o comércio e da população com relação ao perfil do turista que vem prestigiar o evento, ele se integra a cidade e respeita seu jeito de ser, fala Giancarlo com alegria.

De temperamento forte Mecarelli luta por um turismo de melhor qualificado em Paraty:

- Sou contra o turismo predatório, onde multidões invadem a cidade e fazem dela o que querem, sem reconhecer sua história e tradição. Precisamos recuperar o turista que vem em busca de cultura e é interessado em hábitos e costumes da população, comenta o popular Meca.

Outro ponto positivo diz respeito ao retorno publicitário, segundo o organizador, os patrocinadores vem tendo seus produtos reconhecidos e procurados pelos frequentadores:

- Em muitas matérias eles até são citados, nas fotos, nem vou falar. Considero isso de grande importância porque o evento custa caro e eu estou sempre precisando de mais dinheiro, é uma corrida constante e com tudo isso ainda tem gente na cidade que torce o nariz ao invés de colaborar, porque o sucesso do Paraty em Foco é o sucesso de toda a cidade. É um evento cultural, mas também dinamiza e faz girar a economia, comenta Meca.

Os números do evento são grandiosos e vem crescendo ano a ano, neste ano o site oficial recebeu 1.250 portfólios provenientes de diferente cidade e países, desses cerca de 300 participaram do evento. Segundo o organizador isso coloca definitivamente Paraty no mapa da fotografia internacional:

- Me baseei na FLIP para fazer o Paraty em Foco, sempre achei que a fotografia merecia um evento nesses moldes, embora saiba que a literatura tem 5 mil anos e a foto 150. A indústria literária é muito mais forte, mas estamos nos desenvolvendo e fazendo escola, hoje já temos no Brasil muitos eventos de fotografia inspirados no Paraty em Foco.Atualmente qualquer pessoa tem um celular com câmera isso de alguma forma popularizou a fotografia e ajudou a difundi-la, diz Mica.

Entusiasmado Giancarlo Mecarelli fala com orgulho do evento que ajudou a consolidar como um dos maiores e mais qualificados do mundo:

- O que desejo é que as pessoas reconheçam o evento e o apõem, fazendo isso não estão fazendo por mim e sim por uma ideia de turismo cultural que o Brasil tanto precisa. Quero agradecer a cidade de Paraty por esses 10 anos de sonho que me permitiu viver, Giancarlo Mecarelli.     

    

 

 

 

Desenvolvimento: PWI

© 2011 A janela de Paraty. Todos os direitos reservados.